Paulistas dão adeus a Copa do Brasil. Qual será o impacto no fim de semana?

Nesta quarta São Paulo e Corinthians foram eliminados na Copa do Brasil de formas distintas, que podem impactar e mudar a decisão por uma das vagas da final do campeonato Paulista e principalmente afetar a continuidade dos dois treinadores para o restante da temporada.

A situação tranquila de Carille e a pressão em cima de Ceni podem mudar de lado justamente por conta desta rodada de meio de semana.

O São Paulo foi para Minas Gerais com mudanças no time titular e fez uma partida pressionando o Cruzeiro, que parecia estar confortável com a vantagem de 2 x 0. A marcação do primeiro gol rapidamente de Lucas Pratto (com 14 minutos da primeira etapa) deixou a decisão aberta. O São Paulo teria quase um jogo todo para buscar o segundo gol e pelo menos levar a decisão para as penalidades. Não foi a toa que o time tricolor manteve a postura ofensiva e criou chances para ampliar a partida ainda na primeira etapa.

No segundo tempo a postura manteve-se a mesma, mas também aos 14 minutos, Thiago Neves bateu falta (que nasceu em falha de Rodrigo Caio). A bola desviou em Cueva e a partida voltou a ficar empatada, mas com o São Paulo sem se abalar, continuando no ataque. O segundo gol saiu com Gilberto (fazendo por merecer chances no time titular) aos 35 minutos do segundo tempo. Por pouco o terceiro gol não saiu, que iria garantir a classificação. Mas a eliminação acabou acontecendo, em jogo onde o time jogou bem e conseguiu tirar a invencibilidade mineira na temporada.

Já o Corinthians recebeu o Inter em casa , conseguiu um gol cedo e teve chances para ampliar o resultado. Mas o time novamente sentiu o peso de finalizações erradas e ótima atuação do goleiro adversário. Criou lances que poderiam ter resolvido a partida, mas não converteu. O time gaúcho no segundo tempo melhorou e depois de mais duas chances perdidas pelo time paulista, conseguiu seu empate em bola que ficou ameaçando a meta de Cássio e encontrou o pé de Fagner, marcando gol contra.

A partir daí foi possível notar os jogadores alvinegros nervosos, provavelmente com a pressão, já que o time contava com histórico negativos de eliminações em seu estádio. Tal fato fez com o que time buscasse de forma desesperada o segundo gol, em situação que foi positiva para o jogo, que ficou mais aberto. Chances começaram a ser criadas e qualquer um dos dois times poderia ter saído de campo com o segundo gol da classificação.

A decisão acabou indo para as penalidades. E Marcelo Lomba brilhou novamente, garantindo a vaga gaúcha para a próxima fase.

E agora fica a dúvida de como será a situação do domingo. O São Paulo ainda não arrumou sua defesa e tem chances reais de levar pelo menos um gol alvinegro, obrigando o time a marcar 3 gols se isso se confirmar. Mas se o time repetir a empolgação e qualidade desta quarta, tem grandes chances de recuperar-se e ser mais um time a eliminar seu rival no estádio alvinegro.

Já o Corinthians terá problemas até domingo. Jogando em casa poderá se dar ao luxo de dar a bola para o São Paulo e aposta na força da sua defesa? E como será a reação dos jogadores e torcida caso o tricolor abra o placar e dependa apenas de um gol para levar a partida para as penalidades?

É, temos chances reais de começar a próxima semana com Ceni em alta e com Carille começando a ser pressionado.

Esperar para ver o que o clássico nos reserva.

Deixe uma resposta

Copyright © All Rights Reserved · Green Hope Theme by Sivan & schiy · Proudly powered by WordPress

%d blogueiros gostam disto: