Covardia custo caro e Flamengo dá adeus a Copa Libertadores

Os clubes brasileiros seguem com empáfia perante os demais clubes sul americanos, algo que também é alimentado por parte da mídia esportiva. A quantidade de clubes e a falta de informação dos adversários de fora faz com que muitas vezes os times se valorizem demais e não enxerguem suas limitações ou as qualidades dos rivais. Isso custa caro e o Flamengo pagou um alto preço na noite de ontem, sendo eliminado da Libertadores na fase de grupos.

Várias combinações que iriam manter o time vivo na competição fizeram com que o time entrasse mais relaxado em campo. Depois do gol marcado por Rodinei, parecia apenas questão de tempo para garantir uma classificação sem sustos. Mas o San Lorenzo precisava do resultado. A virada do time do San Lorenzo somada a vitória do Atlético-PR fora de casa classificou os dois vencedores e pela terceira vez custou eliminação do time carioca na fase de grupos.

A desclassificação do time rubro-negro deve ter um peso para o resto do ano. Pelo elenco atual era esperado que o Flamengo fosse um dos favoritos ao título. A ausência de Diego e a contratação de Conca (ainda não liberado para jogar) impactam para um time que ainda terá outras competições no ano (Brasileirão, Copa do Brasil e Sul-Americana), mas deve causar um impacto interno caso o time não consiga resultados convincentes nos próximos jogos. Zé Ricardo teve pressão ao longo dos primeiros meses e a classificação para a fase eliminatória (que parecia certa) somada a conquista do estadual tinham aliviado a pressão em cima do treinador.

Particularmente, torço para que o técnico consiga dar andamento ao bom trabalho. Que dentro de campo os resultados apareçam e possamos ter um treinador da nova geração conseguindo espaço em um mercado que clama por novidades.

Deixe uma resposta

Copyright © All Rights Reserved · Green Hope Theme by Sivan & schiy · Proudly powered by WordPress

%d blogueiros gostam disto: