Alvinegros paulistas com quarta para esquecer

Corinthians e Santos jogaram nesta última quarta pela Sul-Americana e Libertadores respectivamente. Ambos com dificuldades para continuar vivos na competição. O Corinthians tendo que marcar um gol fora de casa para pelo menos levar a partida para as penalidades e o Santos com a vantagem do placar, mas contando com desfalques importantes.

Na Argentina o Corinthians foi mais um brasileiro a cair na pilha dos sul-americanos, isso em jogo onde eles não abusaram da catimba ou entradas mais duras, mas “murcharam” a bola, jogando com o regulamento embaixo do braço. A pressão pelo resultado e encarar um time sem vontade de jogar, fechado na defesa, mostrou novamente a falta de qualidade e principalmente a falta de opções para mudar o jogo (evidenciando o elenco com poucas opções). A situação ficou ainda pior no segundo tempo com a entrada de Rodriguinho, que não ficou nem dois minutos em campo e foi expulso corretamente. Carille ainda tentou “achar” um gol, mas apenas viu Jô também ser expulso e amargar a eliminação da competição.

Já em casa, numa Vila lotada, Levir optou por uma marcação forte, tentando repetir o que conseguiu frente o rival Corinthians, mas encarou um time que vem se destacando na Libertadores justamente por seu desempenho fora de casa e foi para cima do Santos, apostando na velocidade dos seus atacantes frente a defesa santista. A primeira etapa terminou equilibrada, mas com Vanderlei novamente fazendo a diferença em campo. Já o segundo tempo trouxe um time equatoriano ainda melhor em campo. Em falha da defesa, Vanderlei nada pode fazer a não ser ir buscar a bola dentro da sua meta. O time tentou criar depois de estar com a desvantagem do placar, mas também sofreu com a pilha dos seus jogadores. Bruno Henrique, que vem se destacando pela velocidade e dribles, sofreu em campo e foi expulso devidamente ao cuspir no adversário (que também foi expulso). Com 10 contra 9 (visto que o autor do gol equatoriano também foi expulso), O gol de empate não saiu e o time que sonhava ganhar a competição invicto amarga a eliminação na competição onde apostava suas fichas.

Agora para o Santos fica a esperança de melhorar a situação na tabela e quem sabe torcer por tropeços do atual líder para quem sabe lutar pelo título, mas sabendo que terá pela frente um desafio complicado, mas que pode ser facilitado caso o Corinthians perca neste domingo o clássico.

Já o Corinthians terá pela frente o clássico regional que pode servir como combustível para o time de estabilizar no campeonato, ainda mais agora focado apenas na competição nacional. Um empate já seria importante, mas uma derrota pode derrubar o lado psicológico do time e dependendo dos resultados, colocar o campeonato novamente em dúvida.

Deixe uma resposta

Copyright © All Rights Reserved · Green Hope Theme by Sivan & schiy · Proudly powered by WordPress

%d blogueiros gostam disto: