Corinthians sofre, mas continua vivo na Sul-Americana

Breadcrumb Navigation

O Corinthians novamente testou seus torcedores, ao garantir sua classificação na Copa Sul-Americana apenas nas penalidades, contra o Racing, na Argentina.

O lado positivo é ver que o time passou pelos principais desafios neste começo de ano, com vitórias nos clássicos contra Palmeiras e São Paulo, vivo na Copa do Brasil e Sul-Americana.

Outro ponto que merece elogios é no comando de ataque. Gustagol continua em fase iluminada, Love vem entrando bem quando preciso e Boselli mostra que pode ser útil ao longo da temporada.

O lado negativo é o fato do time continuar com problema crônico nas bolas áreas (o Racing abriu a partida em bola cruzada na área do Corinthians) e ver que a defesa em nada lembra aquela que era quase intransponível pelos rivais.

A dupla de zaga Henrique e Manoel causa calafrios em cada bola alçada na área.

Importante citar que a classificação foi conquistada contra um Racing focado no campeonato argentino, onde disputa o título da temporada. Time misto no jogo em São Paulo e time reserva no jogo de volta na Argentina.

A classificação foi importante, mas não pode ser comemorada de forma exagerada, já que o time misto do Racing fez por merecer a vitória no primeiro jogo. Caso tivesse levado a competição mais a sério, acredito que o time argentino teria conseguido a classificação, até com certa facilidade.

Com dois meses de trabalho, o sinal de alerta já pode ser ligado para o trabalho de Carille, já que é nítido que o time ainda precisa melhorar em vários aspectos para ter uma temporada competitiva.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
>