Ataque do Corinthians ganha forma

Breadcrumb Navigation

Aos poucos está sendo possível ver o trabalho de Carille aparecer no Corinthians/2019.

Se a defesa ainda está longe de apresentar a solidez de anos atrás, é possível ver o trabalho do treinador aparecendo no setor ofensivo do time.

O teste com dois meias (Jadson e Sornoza) acabou não dando certo como esperado. Indiretamente, por conta da lesão do primeiro, o técnico acabou achando a solução, contando com 1 meia centralizado, mas com liberdade para se movimentar em campo e dois atacantes de ponta abertos.

Pela esquerda Clayson reconquistou a posição de titular e voltou a ter atuações que lhe renderam a titularidade na reta final de 2017, quando teve seu melhor momento no Corinthians. Velocidade e dribles estão fazendo com que o alvinegro leve muito perigo por este lado do campo.

Já na direita, o foco está na trinca Fagner-Júnior Urso-Pedrinho (Love). O lateral-direito está tendo um começo de ano bem regular, aliando sua força física, com sua velocidade, dribles e qualidade no passe.

Júnior Urso caiu como uma luva no meio de campo. Assumiu a titularidade como segundo volante e está sendo importante ao auxiliar nas triangulações pela direita e como elemento surpresa na área.

Do lado direito, Pedrinho e Love disputam a posição, com o experiente atacante mostrando qualidade e tendo atuações consistentes nos jogos em que foi testado, devendo em breve ganhar o posto de titular.

No comando do ataque, Gustavo se mantém como um dos principais atacantes, mas Boselli aos poucos começa a se entrosar com os companheiros. E o próprio Love mostra que também é opção como centroavante (como no gol que marcou contra o Ceará, pela Copa do Brasil).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
>