Quem segura o Corinthians?

O Corinthians deixou de ser a quarta força paulista para tornar-se novamente o time a ser batido, pelo menos no cenário nacional.

A campanha do início do campeonato brasileiro era vista com desconfiança e os comentários eram parecidos (só enfrentou adversários fáceis, só joga em casa, quero ver quando jogar desfalcado,etc.) e a cada rodada os argumentos foram sendo derrubados por resultados expressivos dentro de campo.

Com 10 rodadas disputadas, é necessário valorizar a campanha do time de Carille. O time mostra uma força coletiva e parece ter superado o estigma de não conseguir produzir ofensivamente (ponto fraco do Corinthians desde a época de Mano Menezes). Hoje os adversários se preocupam com a qualidade alvinegra, principalmente pela eficiência nas finalizações. Continua sendo um time que não “gosta” de ter a posse de bola e que quando ataca, costuma precisar de poucas chances para marcar gols.

O técnico tem grande parcela de contribuição neste trabalho, afinal no começo da temporada o time titular mostrava nomes que não empolgava nem a própria torcida e hoje temos alguns jogadores que passam total confiança. Além disso é nítido que ele possui o elenco nas mãos e a prova disso foi que Paulo Roberto, muito contestado quando foi improvisado como lateral, foi um dos melhores em campo no jogo contra o Grêmio, que para mim foi emblemático.

O time gaúcho apresenta um futebol ofensivamente mais vistoso que o Corinthians e eu acreditava que se o time paulista conseguisse o empate estaria no lucro, mas desconfiava que a invencibilidade poderia ser encerrada no fim de semana. O que vimos em campo foi mais uma vez uma atuação sólida, com uma vitória incontestável de um time que ostenta uma grande série invicta no ano e que começa a ganhar a chamada “gordura” no campeonato.

A janela de transferências pode mexer no time? Acredito que sim. A defesa pode sofrer problemas (goleiro e a linha de defesa – zaga e laterais) conta com nomes que podem receber propostas do exterior a partir do mês que vem e principalmente nas laterais, não vejo nomes no elenco que possam manter o nível atual, principalmente em alternativas ofensivas deste time. Mas salvo isso, dificilmente vejo uma queda de qualidade do Corinthians no campeonato e se no começo do ano alguns citavam que o time poderia lutar contra o rebaixamento, hoje é mais que justo afirmar que o alvinegro é um dos favoritos ao título.

Deixe uma resposta

Copyright © All Rights Reserved · Green Hope Theme by Sivan & schiy · Proudly powered by WordPress

%d blogueiros gostam disto: