Depois de anos, série B terá um menor atrativo na mídia.

Com os resultados deste fim de semana, tivemos a confirmação que nenhum clube considerado “grande” será rebaixado para a série B. Com a subida do Internacional para a série A teremos uma segunda divisão esvaziada pela falta de algum time que dê peso a competição.

Na teoria, devemos ter uma série A ainda mais equilibrada no ano que vem, dependendo principalmente do planejamento dos grandes clubes para um ano que promete exigir dos elencos na próxima temporada (com campeonatos estaduais, Copa do Brasil, Brasileirão, Libertadores e Sul-Americana), além da Copa do Mundo. Dificilmente um time que não tenha um elenco qualificado deverá ter sucesso em mais de uma frente. Podemos ter novamente o mesmo cenário deste ano, onde o título “caiu no colo” do Corinthians que pode se dedicar ao Brasileiro , enquanto os demais clubes se focaram nas competições sul-americanas. este “acúmulo” inclusive deve impactar na luta contra o rebaixamento, que deve ser ainda mais emocionante e preocupante do que a desta temporada.

Já a série B deverá ser equilibrada, sem um claro favorito (pelo menos no papel) antes da competição começar. Algo que pode permitir a vários clubes que se planejem para chegar a divisão principal em 2019. Mas em compensação os times não terão a atenção da mídia, principalmente televisiva. A presença de um time de grande expressão chamava a atenção da mídia. Com a ausência de um time de nome, devemos ter uma série B com uma queda de público na competição.Isso pode atrapalhara as pretensões de clubes que contam com a competição para revelar jogadores e equilibrar suas finanças.

Felizmente, a disputa de ambas as séries será de acordo com o regulamento, sem “tapetão” ou algum outro fator externo que possa colocar as competições em dúvida.

Deixe uma resposta

Copyright © All Rights Reserved · Green Hope Theme by Sivan & schiy · Proudly powered by WordPress

%d blogueiros gostam disto: