Indefinições tricolores

Os principais tricolores do país começam o ano com incertezas e preocupações para a temporada de 2018. Indefinições sobre os principais nomes atrapalham o planejamento do ano.

O Grêmio conseguiu renovar o contrato de Renato Gaúcho, viu Barrios , Edílson e Fernandinho saírem (nomes que em um primeiro momento não impactam, mesmo sendo três titulares). A situação gremista pode mudar nesta janela. Geromel, Luan e Artur tiveram grande destaque no ano passado e possuem potencial para jogar no futebol europeu (o volante tem sem nome ventilado no Barcelona). Estas seriam saídas que fariam o time perder qualidade, obrigaria a direção a gastar com reforços para remontar o elenco, além da perda entrosamento conquistado no ano passado. Mas hoje (04/01) vejo o time do Grêmio com qualidade para lutar por mais uma Libertadores).

O São Paulo começa o ano com nomes importantes fora de campo (Rai e Ricardo Rocha) depois de mais uma temporada ruim, novamente fugindo do rebaixamento. A torcida têm razões de sobra para estar preocupada. Sente a ausência de títulos, mas hoje tem o receio de mais uma vez ter o time longe do protagonismo de outrora. A contratação de Jean mostra a insegurança no gol, principalmente pelas diversas mudanças no ano passado (com Sidão, Dênis e Renan Ribeiro). Fora isso existe o receio da saída de Hernanes, vital para a fuga do rebaixamento, mas que pode ter sua volta antecipada pelo seu time na China e a indecisão sobre a permanência de Pratto (River da Argentina devendo apresentar proposta até o fim da semana para compra do mesmo). O time paulista precisa definir seu elenco neste começo de temporada. Passar outro ano com vendas financeiramente boas, mas desmanchando o elenco ao longo do ano devem fazer com que novamente esteja longe de assumir candidatura séria à títulos.

Já no Rio de Janeiro a preocupação é ainda maior. O Fluminense também flertou com o rebaixamento e começa 2018 com serissimos problemas financeiros, colocando no mercado nomes importantes como Cavalieri e Henrique, devendo sofrer assédio pelas jóias da base e com Gustavo Scarpa praticamente fora do clube, forçando sua ida , com seu nome sendo vinculado aos três grandes da capital paulista. Infelizmente este prejuízo financeiro deve impactar o ano nas Laranjeiras e obrigar Abel a montar um time com limitações pensando em um primeiro momento em continuar na série A. Pouco para um time com a grandeza do Flu, mas condizente com a situação caótica pela qual o time carioca passa.

Deixe uma resposta

Copyright © All Rights Reserved · Green Hope Theme by Sivan & schiy · Proudly powered by WordPress

%d blogueiros gostam disto: