São Paulo

Futuro do São Paulo é promissor. Vice do Paulista não deve ser lamentado

Breadcrumb Navigation

A chance de conquistar o título era real. O segundo jogo da final deixou a desejar tecnicamente e por questão de minutos a partida não foi decidida nas penalidades e o São Paulo teria todas as condições de conseguir vencer a partida na disputa de pênaltis.

A perda do título foi sentida, mas não deve ser motivo para críticas ao elenco ou ao trabalho do técnico Cuca. Pelo contrário, deixa uma boa base que pode render frutos ao longo da temporada.

O fato do time ter abdicado do ataque na segunda etapa da final aconteceu por falta de opções ofensivas. Os dois centroavantes do elenco estavam sem condições de jogo. Pablo machucado e Carneiro suspenso preventivamente deixaram o técnico de mãos atadas.

Novos reforços
Neste momento a torcida deve ter calma e dar tempo para que o técnico possa entrosar o time com os novos reforços. Tchê Tchê, Vitor Bueno e Pato foram contratados para serem titulares e Cuca terá trabalho para encontrar a melhor tática e formação, contando com estes jogadores.

Valorizar a base
Algo que a torcida espera e que pode ser uma boa dor de cabeça para Cuca é o fato da base ter tido oportunidades e ter rendido no time profissional. Luan, Liziero, Igor Gomes e Antony não sentiram a pressão. Caso o São Paulo resista ao assédio europeu no meio do ano será um time com reais chances de conquistar ao menos um título no segundo semestre, sendo um dos favoritos ao Brasileirão.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:
>